Literatura, história e memória: aproximações pertinentes

Isaias Martins de Souza, Ariovaldo Lopes Pereira

Resumen


Este artigo apresenta uma abordagem analítica dos diálogos entre Literatura, História e memória, capaz de fluírem por meio das mais variadas narrativas. Considerando que as interpretações dos mais variados eventos históricos podem ser gravadas, tanto por narrativas historiográficas quanto ficcionais, o objetivo desta reflexão, assim, consiste em analisar a efetivação dos diálogos entre o real e o fictício, como um dos traços mais marcantes deste gênero literário próprio do pós-modernismo – a metaficção historiográfica. Dentre as diversas escolhas teóricas, valemo-nos, fundamental e inicialmente, dos estudos de Hutcheon (1991) e White (1995), que contestam a rigidez dos limites postos entre a ficção e a História, destacando as implicações ideológicas que são inerentes a todas as narrativas. Gagnebin (2006) ajudou-nos a compreender a respeito da conservação de memória e das narrativas históricas pósmodernas.


Palabras clave


Literatura; História; Memória; Metaficção historiográfica

Texto completo:

PDF

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.