O papel da poesia na representação social e histórica do homem

Rogério Max Canedo

Resumen


O presente trabalho propõe uma abordagem sobre a poesia de Bernardo Élis, sobretudo pela perspectiva das dicotomias entre o moderno e o arcaico, o local e o universal, o campo e a cidade. A partir da análise dos poemas de sua coletânea, a proposta é fazer perceber como o sujeito lírico apresenta, esteticamente, o cenário goiano que se buscou moderno, mas que dialoga, ou entra em atrito, com essa mesma tradição, propondo um ponto de encontro: a relevância do diálogo entre a história e a literatura para uma compreensão do homem e de suas condições sociais.

Palabras clave


Poesia; Bernardo Élis; Representação

Texto completo:

PDF

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.