Memórias candangas: representações de outras brasílias na literatura de cordel

Alex Canuto de Melo

Resumen


Resumo: O presente trabalho constitui uma discussão em torno de certas lacunas existentes tanto no que diz respeito à historiografia de algumas das primeiras cidades candangas – Núcleo Bandeirante, Ceilândia – em sua relação com Brasília, quanto ao lugar marginal ocupado pelo cordel no campo literário brasileiro. Para tal, essa pesquisa reúne folhetos de cordéis escritos pelos próprios candangos, os paus-de-arara que, seduzidos pelas campanhas da construção da Nova Capital, atravessaram o Nordeste e empreenderam uma viagem rumo ao Planalto Central em busca de uma vida melhor. Em um dos folhetos nos deparamos com o testemunho e o registro do cotidiano a partir do olhar de um dos trabalhadores da construção de Brasília; em outros folhetos de cordel, encontramos o registro do surgimento do complexo de favelas em torno da antiga Cidade Livre (hoje Núcleo Bandeirante) e o registro das Campanhas de Erradicação de Invasões, que deram origem à Ceilândia.

Abstract: The present work is a discussion about the historiography of some of the first cities of the Federal District – Núcleo Bandeirante, Ceilândia – in your relation with Brasília. Another important point discusses the marginalization of the cordel, a regional popular literature, in the Brazilian literary field. This research selects small books of popular poetry that were actually written by the constructors of Brasília, the northeastern workers that left your home region to come and build the city searching a better life. The small books, alternatively for official historiography of Brasília, tell the story from the memory of these workers. In one of the small books, there is the poetic registration of a common day of the construction of Brasília; in another one, there is the registration of the beginning of the slums around of the ancient free city (nowadays Núcleo Bandeirante) and the registration of the invasions eradication process (nowadays Ceilândia).


Palabras clave


cordel; história oficial-hegemônica; memória-candanga; campo literário; poéticas populares

Texto completo:

PDF

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.