Produzir poesia e aprimorar a escrita Contribuições teóricas para a prática do educador em sala de aula

Main Article Content

Manuel Carlos Montenegro
Ormezinda Maria Ribeiro

Article Details

Literatura
Montenegro, M., & Ribeiro, O. (2019). Produzir poesia e aprimorar a escrita. Comunicaciones En Humanidades, (6). Recuperado a partir de http://revistas.umce.cl/index.php/Comunicaciones/article/view/1449
estadisticas

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Resumen

Este artigo apresenta uma base teórica para o educador em sala de aula disposto a usar a poesia e a escrita criativa como estratégia pedagógica para reduzir o analfabetismo funcional no Ensino Fundamental, especialmente entre educandos com idade entre 10 e 13 anos. O conceito de analfabetismo funcional se relaciona ao grau de domínio da língua materna com vistas à inserção no mercado de trabalho (INAF, 2016). Nessa perspectiva, ser um alfabetizado funcional significa ter a capacidade de saber não apenas decifrar os sons representados graficamente no código do alfabeto, mas usar a língua conforme as diferentes necessidades de uso que a vida social apresentar. À medida que o conceito se aproxima, nesse particular, do objetivo do método de alfabetização de Paulo Freire (1979). O trabalho confirmou que a estratégia de estimular a produção escrita entre educandos no ambiente escolar permite o desenvolvimento da habilidade da escrita combinado à transformação do educando em sujeito social, o que contribui para atingir o propósito da Pedagogia da Autonomia e para superar o analfabetismo funcional.